Jacobina é ideal para a prática do turismo de aventura

15 de setembro de 2011 as 1:52

Paula Morais – Redação Bahia.com.br
*Fotos: Rita Barreto

Jacobina, a moça sertaneja da Bahia, é dona de rara beleza e fonte inesgotável de diversão. Conhecida como a Cidade do Ouro, por ter sido um importante centro de mineração do século XVII, a cidade, cujo nome tem origem indígena e significa “Campo Aberto”, fica localizada na região noroeste baiana, no extremo norte da Chapada Diamantina, situada a 330 quilômetros de Salvador. O destino é uma das opções de viagem para quem quer fugir da agitação e do barulho que invade Salvador durante o Carnaval.

Município turístico do Polígono das Secas, Jacobina é cercada de serras auríferas que formam desfiladeiros e canyons, o que a torna ideal para a prática do turismo ecológico e de aventura. Trilhas de mountain bike, alpinismo, vôo livre, rapel e trekking são algumas opções para os viajantes mais ousados. Pelo fato da região possuir uma grande quantidade de cachoeiras, o cenário aventureiro ainda tem espaço para os banhos de águas cristalinas. Com mais de 33 quedas, as mais procuradas são a dos Alves, Amores, Aníbal Augusto, Brito, Jaqueira, João Bello, Macaqueira e Véu de Noivas.

As trilhas dão acesso a uma paisagem preservada e de beleza exuberante. Exemplo disso é a Trilha dos Payayás, no município de Saúde, a apenas 44 km de Jacobina. Os viajantes podem desfrutar de rara beleza que a cerca e, em um passeio de uma hora, encontrar uma cachoeira com cerca de 40 metros, que forma uma grande lagoa para banho. Já na localidade de Itaitú, aproximadamente 15 km de Jacobina, a cachoeira Véu de Noiva, com 60 metros de altura, é a mais alta queda d’água da região e desafia quem por ali passa à procura de adrenalina.

Para atender bem aos turistas, Jacobina conta com cera de 530 leitos, distribuídos em 241 apartamentos de 13 hotéis. Entre eles, o Hotel Serra de Ouro, considerado o mais belo da cidade. Na chegada da noite, as opções não ficam por menos. A Praça da Missão, a mais agitada do local, reúne nativos e viajantes para curtirem o que há de bom na cidade sertaneja. Além das opções de diversão, os serviços de hospedagem do lugar oferecem também uma rede de bons restaurantes, churrascarias e pizzarias.

A herança vinda de Jacobina não é apenas do ouro, os viajantes podem respirar dos bons ares a cada esquina da cidade apreciando seus mais variados aromas e cores. Além das roupas e dos óculos escuros, o recomendável para viagem é separar o melhor do espírito aventureiro, a curiosidade para explorar trilhas e uma boa memória para contar, na volta para casa, todas as belas histórias que Jacobina reserva aos seus visitantes.

Serviço:

Como chegar:

O acesso é via terrestre partindo pela BR-324. De Salvador para Jacobina são 330 km, passando por Riachão do Jacuípe e depois de 51 km de Capim Grosso.

Onde comer:

Bar 20 V
Rua da Missão, s/n°, Missão – Jacobina

Isabel Bar
Rua da Missão, nº 160, Missão – Jacobina

Ponto Chic
Rua da Missão, nº68, Missão – Jacobina

Rei da Costela
Rua da Missão, nº100, Missão – Jacobina

Onde ficar:

Hotel Serra do Ouro
Largo Monte Tabor, s/n°,Caixa d’água – Jacobina

Fiesta Parque Hotel
Av. Paulo Souto, nº 700, Nazaré – Jacobina

Hotel e Restaurante Coelho
Rua Morro do Chapéu, nº 110, Missão – Jacobina

Pousada Beira Rio
Av. Orlando Oliveira Pires, nº 1160, Centro – Jacobina

Pousada Rio do Ouro
Lomanto Júnior, nº 226, Centro – Jacobina

3 comentários

3 Comentários em "Jacobina é ideal para a prática do turismo de aventura"

  1. moro no rio de janeiro. mas naõ abro maõ, desta cidade linda! parabéns.JACOBINA.

  2. Jamille Perazzo em 5 de março de 2011 @ 19:08

    Pela primeira vez estou visitando esse site,moro nessa cidade tão atraente e não conheço praticamente nada das belezas naturais que reservam essa terra tão rica,deixo uma sugestão à vcs do site e da secretaria do turismo,a cidade só está carente de atividades noturnas.Os visitantes e moradores não estão vendo essa praça da Missão tão agitada quanto vcs colocaram no texto acima.O que tá faltando na nossa cidade é atrativo noturno.
    O site está otimo!

Deixe seu comentário

  • Facebook
  • Twitter
  • Flickr
  • Orkut
  • You Tube
  • RSS
Disque Bahia Turismo Bahiatursa Secretaria de TurismoMinistério do Turismo